Sábado, 2 de Julho, 2016

Volta a Portugal: Delio Fernandez conquista vitória chorada


75a Volta a Portugal em Bicicleta - 2013

Delio Fernandez, espanhol da OFM / Quinta da Lixa, conquistou, este sábado, em Fafe, a 3ª etapa da 75ª Volta a Portugal Liberty Seguros. Delio ultrapassou o risco de meta nos instantes finais dos 165,8 Km ultrapassando o colega de equipa, e também corredor galego, Alejandro Marque. A vitória, por essa razão, não foi festejada optando o vencedor por pedir desculpas ao compatriota e emocionado, depois da cerimónia do pódio, foi-lhe difícil travar as lágrimas.

É um objetivo da equipa conseguir vitórias! Este foi o primeiro triunfo na Volta e estamos muito satisfeitos com esta situação. Temos vários homens fortes, esta vitória foi minha, mas podia ser do Veloso ou do Marque que também estiveram muito perto de o conseguir no final. O trabalho mais importante foi feito pelo Marque que ao atacar no último quilómetro conseguiu neutralizar a fuga. O nosso objetivo é lutar pela Amarela, somos três homens para alcançar essa vitória e vamo-nos coordenar o melhor possível para estudar as nossas opções”, explicou emocionado Delio Fernandez.

Com uma chegada em bloco cronometrada para todos os elementos do pelotão com o mesmo tempo, o suíço Marcel Wyss (IAM Cycling) manteve a Camisola Amarela Liberty Seguros. Um dos animadores da etapa, Hélder Oliveira (OFM / Quinta da Lixa), integrou a fuga do dia e chegou à liderança do prémio da montanha, vestindo agora a Camisola Azul PODIUM. Manuel Cardoso (Caja Rural) depois do quarto lugar na etapa comanda a classificação geral por pontos e enverga a Camisola Vermelha BANCO BIC. A Camisola Branca RTP, para o melhor jovem, mantém-se na posse do cazaque Vladislav Gorbunov (Astana).

Portugueses em fuga

O calor sufocante que se fez sentir nesta etapa não impediu os corredores de, logo nos quilómetros iniciais, imprimirem um ritmo trepidante, que se traduziu na média de 44,6 Km/h, na primeira hora. Para esta velocidade contribuíram vários ataques em que se envolveram numerosos grupos, mas só ao quilómetro 38 dois corredores conseguiram isolar-se, Márcio Barbosa (LA Alumínios / Antarte) e Hélder Oliveira (OFM / Quinta da Lixa). Os dois fugitivos conseguiram uma vantagem máxima de cinco minutos sobre o pelotão que foi durante grande parte da etapa controlado pela IAM Cycling, formação do “Camisola Amarela”. Hélder Oliveira aproveitou a fuga para vencer as duas contagens de montanha de terceira categoria. O pelotão só voltaria a rolar compacto a cerca de 20 quilómetros da meta. As movimentações na frente corrida foram constantes até finais. Em plena cidade de Fafe, Alejandro Marque (OFM / Quinta da Lixa) ganhou ligeira vantagem, sendo batido apenas em cima do risco de meta pelo colega de equipa, Delio Fernandez, que conquistou a primeira vitória na Volta a Portugal para a equipa OFM / Quinta da Lixa.

Leave a Reply