Segunda-feira, 27 de Junho, 2016

Troféu Joaquim Agostinho: Eduardo Prades vence etapa e o Troféu


942438_1401549926725589_1622621416_n

Realizou-se hoje, a última etapa que é considerada a etapa rainha da edição 2013 do Troféu Joaquim Agostinho. Terminava em chegada em alto e ligava Manique do Intendente ao Parque Eólico da Carvoeira numa ligação de 174 quilómetros, a mais longa deste ano.

A fuga foi formada ,apenas,  ao quilómetro vinte e cinco com seis corredores a saírem do pelotão. Eram eles:  Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Onda), Márcio Barbosa (LA Alumínios-Antarte), Filipe Cardoso (Efapel-Glassdrive), Amaro Antunes (Ceramica Flaminia-Fondriest), Luís Fernandes (OFM-Quinta da Lixa) e Juan Riutort (Burgos BH-Castilla y León).  O grupo de seis ciclistas foi ganhando tempo, mas por pouco tempo e prova disso é a vantagem máxima ser de três minutos e pouco.

Faltavam ainda 60 km para o alto onde estava registava a meta, e a fuga já só tinha dois minutos e dezanove, graças ao trabalho no pelotão da Euskadi e de outras equipas que tinham pretenções à geral e à etapa.

A 40 km do final, já na subida, a fuga é apanhada e existe uma queda no pelotão que envolveu o camisola amarela Jon Larrinaga que rapidamente voltou ao pelotão com a ajuda da equipa, mas o espanhol voltou a descolar devido ao ritmo forte no pelotão que não o ajudou a posicionar-se para evitar o descolamento.

Entre o grupo do camisola amarela e o grupo da frente existiam 50 segundos de diferença, mas rapidamente diminuíu a vantagem e o grupo do camisola amarela estava a aproximar-se.

Já a 15 km do final Mário Costa (OFM Quinta da Lixa), ataca e consegue uma vantagem de 20 segundos em 2 km. A 10 km do final a vantagem é de 25 segundos e a vantagem foi aumentando para 40 segundos a 5 km da meta. No entanto, faltava menos de um quilómetro para o fim da etapa, e a vantagem de Mário já só era de 10 segundos, tendo sido alcançado dentro dos 500 metros finais.

Eduardo Prades aproveitou a oportunidade e conseguiu vencer, dando a vitória à mesma para a equipa do português.

Etapa

1.º Eduard Prades (OFM-Quinta da Lixa), 4h42m47s (Média: 37,598 km/h)
2.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte), a 1s
3.º Henrique Casimiro (Banco BIC-Carmim), mt
4.º Delio Fernández (OFM-Quinta da Lixa), mt
5.º João Pereira (Banco BIC-Carmim), a 10s
6.º Kristian Haugaard (Leopard-Trek), mt
7.º Antonio Santoro (Ceramica Flaminia-Fondriest), a 14s
8.º Hernâni Broco (Efapel-Glassdrive), mt
9.º Mikel Bizkarra (Euskadi), mt
10.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), mt

Classificação Geral Final

1.º Eduard Prades (OFM-Quinta da Lixa), 12h47m12s
2.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte), a 5s
3.º Henrique Casimiro (Banco BIC-Carmim), a 7s
4.º Delio Fernández (OFM-Quinta da Lixa), a 11s
5.º Bruno Silva (LA Alumínios-Antarte), a 19s
6.º João Pereira (Banco BIC-Carmim), a 20s
7.º Kristian Haugaard (Leopard-Trek), mt
8.º Matteo Fedi (Ceramica Flaminia-Fondriest), a 24s
9.º Antonio Santoro (Ceramica Flaminia-Fondriest), mt
10.º Hernâni Broco (Efapel-Glassdrive), mt

Leave a Reply