Sexta-feira, 10 de Junho, 2016

Sérgio Ribeiro bisa na subida da Assunção


Sérgio Ribeiro repetiu o triunfo e consolidou a liderança na 73ª Volta a Portugal Jogos Santa Casa. O corredor da Barbot/Efapel venceu este sábado os 184,4KM da segunda etapa que terminou em Santo Tirso, no Monte Nossa Sr.ª da Assunção. Depois da segunda vitória consecutiva, o Camisola Amarela Jogos Santa Casa, mais satisfeito do que nunca, apesar das marcas visíveis de uma queda afirmou que receou o ataque do italiano Francesco Gavazzi nos derradeiros metros.

Sérgio Ribeiro que tinha a liderança presa por centésimos de segundo passou a ter 12 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, Francesco Gavazzi da Lampre e o terceiro é agora  Hernâni Broco (LA/Antarte) a 24 segundos.

No dia em que chegaram as primeiras dificuldades, com as seis contagens de montanha ao longo da etapa, o mau tempo acabou por ser o maior obstáculo para os corredores que saíram de Oliveira de Azeméis. Chuva e muitas quedas afectaram o pelotão onde nem o próprio líder se livrou de um trambolhão no início da etapa.

Com várias montanhas para subir, Fabricio Ferrari (Caja Rural) “acelerou” desde muito cedo para defender a camisola Azul Liberty Seguros, símbolo da liderança da montanha. Na companhia do colega de equipa, David de la Cruz, o uruguaio Ferrari destacou-se na frente da corrida e venceu quatro contagens de montanha. Aos dois homens da Caja Rural juntaram-se depois mais 10 corredores que protagonizaram a fuga do dia.

O pelotão comandado pelo Barbot / Efapel, equipa do Camisola Amarela Jogos Santa Casa, anulou a fuga a poucos quilómetros da meta, antes da subida ao Monte Nossa Sr.ª da Assunção. Na escalada final formou-se um grupo restrito de duas dezenas de unidades, onde Sérgio Ribeiro foi o mais forte e repetiu o triunfo de 2010, consolidando a liderança na classificação geral da 73ª Volta a Portugal Jogos Santa Casa.

Ainda com o pelotão está a adaptar-se ao ritmo desta Volta e já a mítica Sr.ª da Graça surge no mapa da competição. A escalada em Mondim de Basto a concluir a terceira etapa, este domingo, será o culminar do dia em que a distância a percorrer é mais curta. São apenas 151Km. A etapa vai que começar no Parque de Feiras de Viana do Castelo, é considerada umas das mais difíceis e decisivas na luta pela liderança.

Classificações

2ª Etapa – 184,4km

1 15 Sergio RIBEIRO BEF 5:08:18
2 53 Francesco GAVAZZI LAM a 0:00:02
3 63 Alessandro BISOLTI FAR a 0:00:04
4 21 Hernâni BRÔCO LAR m.t.
5 3 André CARDOSO PRT m.t.
6 101 Julien ANTOMARCHI LPM m.t.
7 2 Ricardo MESTRE PRT a 0:00:09
8 11 Rui SOUSA BEF a 0:00:11
9 1 Nelson VITORINO PRT a 0:00:14
10 29 Vergílio SANTOS LAR m.t.
11 84 Bravo GARIKOITZ CRU m.t.
12 32 Ricardo VILELA BOA m.t.
13 105 Eduardo GONZALO LPM a 0:00:18
14 33 Alejandro MARQUE BOA m.t.
15 36 Daniel SILVA BOA a 0:00:24

Geral Individual

1 15 Sergio RIBEIRO BEF 9:46:16
2 53 Francesco GAVAZZI LAM a 0:00:12
3 21 Hernâni BRÔCO LAR a 0:00:24
4 63 Alessandro BISOLTI FAR a 0:00:25
5 101 Julien ANTOMARCHI LPM a 0:00:27
6 3 André CARDOSO PRT a 0:00:32
7 32 Ricardo VILELA BOA a 0:00:33
8 29 Vergílio SANTOS LAR a 0:00:35
9 2 Ricardo MESTRE PRT a 0:00:36
10 11 Rui SOUSA BEF a 0:00:38
11 84 Bravo GARIKOITZ CRU m.t.
12 33 Alejandro MARQUE BOA a 0:00:40
13 1 Nelson VITORINO PRT a 0:00:44
14 16 Sérgio SOUSA BEF a 0:00:49
15 105 Eduardo GONZALO LPM m.t.

Leave a Reply