Sexta-feira, 11 de Dezembro, 2015

Rui Costa atropelado durante treino em Esposende


O ciclista português da Caisse d’Epargne foi atropelado ontem durante um treino em em Esposende, sendo forçado a não alinhar hoje no Tour de Picardie, onde iria ser o chefe de fila da formação espanhola. O ciclista foi rapidamente assistido no local pelos populares e foi transportado para o hospital, onde se constatou não haver qualquer lesão grave. O condutor colocou-se em fuga e actualmente é desconhecido o seu paradeiro.

“Estava a treinar na estrada junto a Esposende e seguia um carro em cada sentido, quando passaram um pelo outro, o que seguia atrás de mim deve ter-se visto apertado e fechou-me a via. Acabei por cair para o lado direito, para a valeta, e dei uma cambalhota”, conta Rui Costa à agência lusa.

Felizmente nada de grave aconteceu mas que “valeu o susto”, garante Rui Costa, “Ainda fui ao hospital por causa do joelho esquerdo, mas a radiografia, felizmente, revelou que não tinha qualquer lesão. Também magoei um pouco o pulso, mas nada de grave.” Apesar de não haver lesões graves, o português vai ficar em repouso até ao final da semana.

Falhando o Tour de Picardie, o ciclista natural da Póvoa de Varzim, terá como objectivo a Volta à Suiça a disputar-se de aqui a um mês, aproveitando o tempo até lá para treinar.

A equipa WebCiclismo deseja as melhoras a este magnifico ciclista, que muitas alegrias já deu e dará a Portugal, e que não volte a acontecer.

Leave a Reply