Quinta-feira, 10 de Dezembro, 2015

Richie Porte trepa para a liderança no Malhão


image

O australiano Richie Porte (Sky) venceu hoje a etapa-rainha da Volta ao Algarve, com final no alto do Malhão, e substituiu o colega de equipa Edvald Boasson Hagen no comando da geral individual.

A ligação de 194,6 quilómetros, com início em Castro Marim, era propícia aos ataques, devido ao perfil fortemente ondulado, com cinco contagens de montanha. Oito homens saíram do pelotão ainda antes de cumpridos 30 quilómetros, mas o pelotão, sempre comandado pela Sky, não lhes permitiu mais do que a passagem pela frente da corrida durante cerca de cem quilómetros.

Na fase mais dura da tirada, a Sky impôs um ritmo fortíssimo no pelotão, inviabilizando todos os ataques e dizimando o grande grupo. Mesmo o camisola amarela à partida, Edvald Boasson Hagen, contribuiu para este esforço. Já dentro da subida para o Malhão foi Bradley Wiggins quem colocou o “passo”, dificultando a tarefa de quem tinha por missão atacar. Apesar disso, Tiago Machado (RadioShack-Nissan) ousou procurar surpreender, espoletando a resposta de Richie Porte, a cerca de quilómetro e meio do final.

O australiano distanciou-se de toda a concorrência e não mais foi visto pelos rivais. Tiago Machado cortou a meta na segunda posição, a 8 segundos, a mesma diferença marcada pelo vencedor para o terceiro, Rui Costa (Movistar). Na geral, Porte comanda com 12 segundos sobre Machado e com 14 segundos relativamente a Costa.

Nas restantes classificações, o destaque vai para a Efapel-Glassdrive, que lidera as metas volantes, por Raul Alarcón, e a montanha, por intermédio de Sérgio Sousa. Matti Breschel (Rabobank) lidera a tabela dos pontos e a Movistar comanda colectivamente.

Amanhã corre-se a quarta etapa, 186,3 quilómetros entre Vilamoura e Tavira, uma viagem que deverá ser de transição, deixando tudo em aberto para o contra-relógio do último dia.

Classificações 3.ª Etapa: Castro Marim – Alto do Malhão, 194,6 km 1.º Richie Porte (Sky), 4h55m11s (Média: 39,555 km/h) 2.º Tiago Machado (RadioShack-Nissan), a 8 3.º Rui Costa (Movistar), mt 4.º Johnny Hoogerland (Vacansoleil-DCM), a 24s 5.º Wouter Poels (Vacansoleil-DCM), mt 6.º Jurgen van den Broeck (Lotto-Belisol), mt 7.º Andrew Talansky (Garmin-Barracuda), a 31s 8.º José Mendes (LA-Antarte), a 35s 9.º Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), a 40s 10.º Bradley Wiggins (Sky), mt

Geral Individual 1.º Richie Porte (Sky), 13h54m41s 2.º Tiago Machado (RadioShack-Nissan), a 12s 3.º Rui Costa (Movistar), a 14s 4.º Johnny Hoogerland (Vacansoleil-DCM), a 34s 5.º Wouter Poels (Vacansoleil-DCM), mt 6.º Jurgen van den Broeck (Lotto-Belisol), mt 7.º José Mendes (LA-Antarte), a 45s 8.º Andrew Talansky (Garmin-Barracuda), a 48s 9.º Gianni Meersman (Loto-Belisol), a 49s 10.º Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), a 50s

Classificação Colectiva 1.º Movistar, 41h46m35s 2.º Vacansoleil-DCM, a 12s 3.º Sky, a 34s

Pontos 1.º Matti Breschel (Rabobank), 29 2.º Edvald Boasson Hagen (Sky), 27 3.º Richie Porte (Sky), 25

Montanha 1.º Sérgio Sousa (Efapel-Glassdrive), 12 2.º José Gonçalves (Onda-Boavista), 10 3.º Karsten Kroon (Saxo Bank), 10

Metas Volantes 1.º Raul Alarcón (Efapel-Glassdrive), 7 2.º Karsten Kroon (Saxo Bank), 6 3.º Niels Wytinck (An Post Sean Kelly Team), 4

Leave a Reply