Sexta-feira, 24 de Junho, 2016

Entrevista Tiago Machado: “Tem-me falhado aquela pontinha de sorte”


Tiago Machado - Tour de Wallonie

Tiago Machado no Tour de Wallonie

A correr actualmente a Volta à Região da Valónia, Tiago Machado, ciclista da RadioShack, aceitou dar uma rápida entrevista ao WebCiclismo, onde falamos da sua época actual e da sua carreira. O nosso muito obrigado ao Tiago, e fica o convite para lerem o seu blogue.

WebCiclismo: Ficaste desiludido com a tua prestação no Giro, ou consideras que cumpriste os objectivos?
Tiago Machado: Quando se está presente numa das maiores provas do mundo, não há porque ficar desiludido. Só o facto de lá estar é uma vitória! No entanto, fiquei um pouco triste com o meu desempenho, pois julgo ter valor para fazer algo melhor.

WC: Desde quando é que gostas e praticas ciclismo?
TM:
Desde sempre, mas comecei a pedalar na categoria de cadetes em 1999.

WC: Para a próxima época, gostarias de ficar na Trek, ou gostarias de mudar de equipa?
TM: O meu futuro está a cargo do meu empresário, como tenho total confiança nele, não estou preocupado com isso! A mim compete-me dar aos pedais da melhor forma possível.

WC: Tendo em conta que ainda não conseguiste ganhar nada este ano, o que achas que faltou nesta primeira metade da época? E como tencionas dar a volta à situação?
TM: Para muita boa gente, apenas as vitórias contam, mas o que é certo é que já estive bem perto de o conseguir! Tem-me falhado aquela pontinha de sorte e o que posso fazer para reverter isso é trabalhar mais arduamente, dia após dia.

WC: Qual foi o momento mais difícil em cima da bicicleta?
TM: Um dos piores momentos foi, sem dúvida, quando cai no Giro de 2011, e depois quando vinha a tentar recolar no pelotão, na companhia do Manuel Cardoso, vimos a queda fatal do Wouter Waillend 108

Tiago Machado na 36º Volta ao Algarve

Tiago Machado na 36º Volta ao Algarve

WC: Que balanço fazes desta primeira metade da época?
TM: Não considero o balanço negativo, pois já estive perto de vencer, mas longe do que eu tinha em mente.

WC: O que te faltou para conquistares os Campeonatos de Estrada?
TM: Faltou-me ser mais forte que o Joni Brandão no sprint final…

WC: Onde te vês daqui a cinco anos?
TM: Não faço planos a tão longo prazo! O melhor é viver o dia-a-dia…

Leave a Reply