Quinta-feira, 10 de Dezembro, 2015

David Blanco bisa no alto da Serra da Estrela


O ciclista galego David Blanco conquistou hoje a segunda vitória na Volta a Portugal, depois de conquistar hoje o Alto da Serra da Estrela, na sétima etapa, a etapa rainha. Com esta vitória, Blanco reforçou a sua posição de possível vencedor desta edição da Volta. O dia de hoje foi marcado pelas alterações significativas no percurso devido aos incêndios em Seia, que reduziu o traçado em cerca de 45km, com a abordagem à Serra feita do lado de Manteigas. David Blanco mantém a amarela com uma maior vantagem e acabou por conquistar a Camisola Branca. Hernâni Broco, o melhor português conseguiu ascender para a segunda posição na tabela.

À saída de Idanha-a-Nova começaram logo as movimentações, com um numeroso grupo de 20 unidades se isolou na frente. Dos vinte destacaram-se três, eram eles Cândido Barbosa (Palmeiras Resort Prio Tavira), Constantino Zaballa (C.C. Loulé) e Matteo Rbottini (Lampre), que se isolaram na frente durante bastantes quilómetros. Foi suficiente para Cândido Barbosa passar à frente das duas primeiras metas volantes. Barbosa chegou a ser o líder virtual dos Pontos, mas a vitória de David Blanco acabou por retirar-lhe essa classificação.

Foi durante a derradeira subida que se começou a desenrolar a parte decisiva da corrida. Tudo começou com um ataque de Nelson Oliveira (Xacobeo), ciclista que acabou por receber o prémio de combatividade. O jovem português isolou-se na frente ainda antes da subida, vencendo a meta volante para ser alcançado durante os quilómetros iniciais da escalada para a torre.

Nos últimos 5 quilómetros começou a batalha dos titãs, com Hernâni Broco (LA-Rota dos Moveis), Sérgio Pardilla (CarmioOro), David Bernanéu e Rui Sousa (Barbot siper) e finalmente David Blanco – os homens fortes desta edição – a destacarem-se, mas sem duvida o maior destaque foi para David Blanco que nos derradeiros metros finais, aumentou o ritmo de tal modo que ninguém conseguiu acompanhar, vencendo com cinco segundos para o segundo classificado, Hernâni Broco.

Amanhã corre-se a oitava etapa, que vai ligar as duas Oliveiras, Oliveira do Hospital e Oliveira do Bairro, em 169,9 quilómetros. Será uma última oportunidade para os sprinters, onde a única dificuldade do dia vai ser uma contagem de terceira categoria em Lavegadas.

Multimédia

{gallery}corridas/volta10/7etapa{/gallery}

Classificações

7º Etapa

1º 1 BLANCO, David ESP PALMEIRAS RESORT-PRI 3:26:59 10″
2º 33 BROCO, Hernani POR LA- ROTA DOS MOVEIS a 05 6″
3º 81 PARDILLA, Sergio ESP CARMIOORO-NGC a 05 4″
4º 71 SINKEWITZ, Patrik GER ISD-NERI a 07
5º 11 BERNABEU, David ESP BARBOT-SIPER a 11
6º 14 SOUSA, Rui POR BARBOT-SIPER a 15
7º 31 SABIDO, Hugo POR LA- ROTA DOS MOVEIS a 30
8º 23 SILVA, Daniel POR C. C. LOULÉ- LOULETA a 40
9º 96 RODRIGUES, Victor POR CAJA RURAL a 47
10º 5 CARDOSO, Andre POR PALMEIRAS RESORT-PRI a 47

Geral Individual

1º 1 BLANCO, David ESP PALMEIRAS RESORT-PRI 31:54:11
2º 33 BROCO, Hernani POR LA- ROTA DOS MOVEIS a 53
3º 11 BERNABEU, David ESP BARBOT-SIPER a 01:04
4º 81 PARDILLA, Sergio ESP CARMIOORO-NGC a 01:16
5º 71 SINKEWITZ, Patrik GER ISD-NERI a 01:16
6º 14 SOUSA, Rui POR BARBOT-SIPER a 01:47
7º 5 CARDOSO, Andre POR PALMEIRAS RESORT-PRI a 02:01
8º 32 SANTOS, Virgilio POR LA- ROTA DOS MOVEIS a 02:27
9º 31 SABIDO, Hugo POR LA- ROTA DOS MOVEIS a 02:36
10º 96 RODRIGUES, Victor POR CAJA RURAL a 02:38

Leave a Reply