Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015

Cândido Barbosa bisa e aumenta vantagem


Se duvidas havia, deixaram de haver, pois com a victória de Cândido Barbosa no alto do Parque Eólico da Carvoeira a camisola amarela não podia estar melhor entregue, no final desta etapa. Ora vamos aos factos: Foram 148.2 os quilómetros calcados de hoje, com partida em Sobral de Monte Agraço. Antecipava-se uma grande quebra hoje e possiveis reviravoltas na classificação, ora a verdade é que, a dureza do percurso acabou por não fazer tantas quebras sendo que foram uma dúzia os ciclistas que discutiram o final da etapa. Desde o começo da etapa  foi sempre a Palmeiras Resort-Prio-Tavira a assumir uma posição de liderança do “pelotão” controlando a actual fuga  nunca deixando que a vantagem fosse superior a 2m30. Sendo que a 10 km do fim a fuga foi alcançada.

Nesses 10 km, Cândido Barbosa contou com a ajuda de três companheiros de equipa seus, nos últimos 150 m Cânido, ultrupassou o então lider  do pelotão David Blanco, seu colega de equipa, e com um pequeno sprint deixou a concorrência para trás, em segundo ficou Santiago Pérez (CC Loulé-Louletano-Orbitur-Aquashow), e em terceiro Miguel Rubiano (Meridiana). 

Cândido Barbosa para além de possuir a classificação geral individual, possui também a classificação por pontos, e a equipa que o “foguete da Rebordosa” representa comanda a tabela colectiva. Vítor Carvalho (ASC/Vitória/RTL)  continua inabalável no comando das metas-volantes. Micael Isidoro, ao ingressar na fuga do dia “roubou” a camisola da montanha a Miguel Candil (LA-Paredes Rota dos Móveis). Na juventude, Bruno Silva (Aluvia/Valongo), comanda isoladamente a classificação. 

A etapa de amanhã vai ligar Mafra ao Vimeiro , são ao todo 170 quilómetros. Durante a etapa os ciclistas vão encontrar duas contagens de terceira categoria, dois pontos de bonificação e seis metas volantes. É preciso no entanto ter atenção à chegada pois é muito complicada, visto que os últimos quilómetros encontram-se numa rampa, e a estrada é muito estreita.

Foto: Jornal Ciclismo

Classificações

1º Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 3h53m40s 
2º Santiago Perez (CC Loulé-Louletano), mt 
3º Miguel Rubiano (Meridiana-Karmen), mt 
4º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), mt 
5º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira),mt 
6º Sergeu Chernetsky (Rússia),mt 
7º Bruno Silva (Aluvia-Valongo),mt 
8º Hernâni Brôco (LA Rota dos Móveis), mt 
9º Vítor Rodrigues (Caja Rural),mt 
10º André Cardoso (Palmeiras Resort-Prio-Tavira),mt 

Geral individual 

1º Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 8h06m09s 
2º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 18s
3º David Bernabeu (Barbot-Siper), a 20s 
4º Bruno Silva (Aluvia-Valongo), a 21s 
5º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), a 23s 
6º Santiago Perez (CC Loulé-Louletano), a 27s 
7º Hernâni Broco (LA Rota dos Móveis), mt 
8º Sergey Chernetsky (Rússia),mt 
9º Vítor Rodrigues (Caja Rural), a 29s
10º Miguel Rubiano (Merediana-Karmen), a 36s

Leave a Reply