Quinta-feira, 17 de Dezembro, 2015

Bruno Silva Vence Etapa Rainha


alt

Bruno Silva, da Aluvia Valongo foi o grande vencedor da etapa rainha desta Volta a Portugal do Futuro, vencendo a etapa no Alto do Montejunto isolado. A camisola amarela, essa, continua a ser vestida por Alexander Ryabkin da Caja Rural, única equipa estrangeira presente nesta 18ªedição da Volta a Portugal do Futuro.

A 3ªetapa que ligou Porto de Mós ao Alto do Montejunto, contagem de montanha de 1ºcategoria, teve uma extensão de 108,7km e consagrou Bruno Silva, apesar de não ter provocado alterações no camisola amarela. Mas comecemos pelo inicio. A primeira fuga da corrida estabeleceu-se aos 24km e foi constituída por Sandro Pinto, Casimiro Oliveira, Moreno Ribeiro e Bruno Silva.

Apesar desta fuga e do triunfo de Bruno Silva, há outro nome que ficará marcado hoje, Pedro Paulinho, irmão de Sérgio Paulinho, que atacou ao km 35 e passou em primeiro lugar nas três metas volantes da etapa de hoje.

Apesar de todas estas movimentações, as grandes decisões do dia aconteceram apenas nos últimos 7km da subida para o Alto do Montejunto. A Aluvia Valongo e a Liberty foram as equipas mais inconformadas, que tentaram a todo o custo fazer com que a camisola amarela mudasse de dono.

Nesses últimos 7km, Bruno Silva, que vinha na companhia de Vasco Pereira, ex-lider da montanha, atacou e chegou isolado à meta, com uma vantagem de 26s, sobre João Pereira, novo lider da montanha.

Joni Brandão, melhor Português na classificação geral, ganhou tempo a Alexander Ryabkin e está agora a 34segundos da liderança da corrida.

A etapa de amanhã irá correr-se entre Rio Maior e o Redondo, com uma extensão de 169,1km.

Leave a Reply