Quinta-feira, 10 de Dezembro, 2015

Bruno Sancho conquista a segunda etapa e lidera no Alentejo


“Dizem que o Alentejo é plano, mas não é bem assim”, afirmou, exuberante e cansado, Bruno Sancho pouco depois de vencer, em Mértola, a segunda etapa da Volta ao Alentejo em bicicleta. “Houve imenso sobe e desce e o vento também dificultou a tirada”, acrescentou o corredor da LA /Antarte que nos derradeiros metros, no interior da vila, ganhou ligeira vantagem ao pelotão encabeçado pelo espanhol Ricardo Garcia (Orbea) e Samuel Caldeira (Tavira/Prio).
Com este triunfo, o primeiro da época, e a respectiva bonificação, Bruno Sancho de 25 anos, natural de Mortágua, passou a liderar a “Alentejana” com nove segundos de vantagem sobre o algarvio Samuel Caldeira. O anterior camisola amarela Delta Cafés, Bruno Lima (Onda/Boavista) desceu ao terceiro lugar.

Fuga morreu à beira do Guadiana

Além da troca de apelidos na liderança da prova alentejana, a etapa mais longa com 176,6 quilómetros iniciada em Vila Viçosa foi marcada por uma fuga de cinco homens que durou mais de 150 quilómetros. Integrou o grupo Hugo Sabido (LA/Antarte), Raul Alarcon (Barbot/Efapel), Domingos Gonçalves (Liberty Seguros/Sta. Mª Feira), Valdas Siskevicius (La Pomme) e Wesley Kreder (Rabobank). Só a cerca de 15 quilómetros da meta é que o último fugitivo foi alcançado rolando, a partir daí, o pelotão compacto até ao centro de Mértola.

Sábado de emoções

Ao terceiro dia de competição, a caravana partirá este sábado de Aljustrel para 175,1 quilómetros que serão finalizados em Reguengos de Monsaraz. A prova começa às 11h30 partindo do Parque de Feiras e Exposições da vila mineira e haverá metas volantes em Torrão, Portel e São Pedro do Corval. A subida a Monsaraz, a poucos quilómetros da chegada, – prémio de montanha de 3ª categoria, começará a definir a ordem de chegada dos corredores à Praça da Liberdade no centro de Reguengos.



Leave a Reply