Domingo, 27 de Dezembro, 2015

André Cardoso conquista a Serra da Estrela em dia de domínio algarvio


André Cardoso venceu uma das etapas mais difíceis dos 84 anos de historial da Volta a Portugal em Bicicleta. Após 182,8 quilómetros e percorridos os locais mais emblemáticos, e de difícil escalada, na Serra da Estrela, a armada algarvia do Tavira / Prio além de vencer a etapa ainda reforçou a Camisola Amarela Jogos Santa Casa de Ricardo Mestre, terceiro classificado na Torre a apenas 3 segundos do companheiro de equipa. Com os resultados deste sábado, a formação comandada por Vidal Fitas passou a ter dois homens na frente da corrida porque André Cardoso chegou à vice liderança e o mais difícil agora é…perder a 73ª Volta a Portugal Jogos Santa Casa. Cardoso está a 1 minuto e 31 enquanto o terceiro classificado passou a ser Rui Sousa  (Barbot /Efapel) a 2 dois minutos e 24.

A passagem pelo centro da Covilhã e a escalada às Penhas da Saúde e Penhas Douradas proporcionaram momentos de ciclismo ao mais alto nível em que a subida final ao ponto mais alto de Portugal Continental feita a partir de Seia foi o epilogo de uma etapa emocionante. Nos quilómetros finais, os algarvios, sempre em maior número, resguardaram ao máximo o líder Ricardo Mestre, tratando Nélson Vitorino de fazer o trabalho mais esforçado que permitiu anular fugas e deixar pelo caminho todos os homens que aspiravam ao triunfo, nomeadamente Hernâni Broco (LA / Antarte) e João Cabreira (Onda/ Boavista). Rui Sousa foi o único adversário que resistiu até ao fim e terminou com o tempo do vencedor mas ganhando apenas três segundos a Ricardo Mestre que ficou ainda mais primeiro após esta tirada que em nada ficou a dever a outras provas internacionais em dificuldade. Agora faltam apenas dois dias de prova e outras tantas etapas para chegar à consagração em Lisboa.

A Covilhã, regressou este ano ao mapa da Volta a Portugal Jogos Santa Casa. Depois da passagem do pelotão em direcção à Torre, este domingo a “cidade neve” assiste à partida da nona e penúltima etapa. Da encosta da Serra da Estrela, a caravana segue para o centro de Portugal e após 182,3 Km a meta estará instalada na vila da Sertã que há 35 anos não recebe uma chegada da grande competição. À semelhança do que já aconteceu este sábado, a etapa será antecipada 15 minutos, uma decisão tomada devido à média baixa que o pelotão tem feito nos últimos dias e que tem condicionado os horários da transmissão televisiva da RTP.

Após a etapa, o Município a Sertã irá prestar homenagem ao antigo ciclista Marco Chagas que alcançou naquela vila a primeira vitória numa etapa da Volta. Nesta homenagem será descerrada uma placa evocativa da efeméride junto ao local onde venceu Marco Chagas.

Classificações

8ª Etapa – SEIA a TORRE (182.8 Km)
Média do vencedor da etapa: 33.341 Km/h

1 3 André CARDOSO PRT 5:28:58
2 11 Rui SOUSA BEF m.t.
3 2 Ricardo MESTRE PRT a 0:00:03
4 1 Nelson VITORINO PRT a 0:00:14
5 34 Célio SOUSA BOA a 0:01:47
6 21 Hernâni BRÔCO LAR a 0:02:06
7 38 Delio FERNANDEZ BOA a 0:02:17
8 53 Francesco GAVAZZI LAM a 0:02:40
9 15 Sergio RIBEIRO BEF a 0:03:25
10 31 João CABREIRA BOA a 0:03:28
11 36 Daniel SILVA BOA m.t.
12 16 Sérgio SOUSA BEF m.t.
13 29 Vergílio SANTOS LAR a 0:03:34
14 135 Robbie SQUIRE CDT a 0:03:39
15 12 António AMORIM BEF a 0:04:31

Classificação Geral

1 2 Ricardo MESTRE PRT 34:12:39
2 3 André CARDOSO PRT a 0:01:31
3 11 Rui SOUSA BEF a 0:02:24
4 1 Nelson VITORINO PRT a 0:02:50
5 21 Hernâni BRÔCO LAR a 0:02:51
6 15 Sergio RIBEIRO BEF a 0:05:24
7 29 Vergílio SANTOS LAR a 0:06:44
8 16 Sérgio SOUSA BEF a 0:07:06
9 31 João CABREIRA BOA a 0:07:54
10 36 Daniel SILVA BOA a 0:08:11
11 38 Delio FERNANDEZ BOA a 0:08:46
12 32 Ricardo VILELA BOA a 0:09:31
13 63 Alessandro BISOLTI FAR a 0:09:57
14 84 Bravo GARIKOITZ CRU a 0:11:20
15 28 Bruno SILVA LAR a 0:12:21

Leave a Reply