Quinta-feira, 10 de Dezembro, 2015

Algarve: Greipel vence e consegue a amarela


O alemão André Greipel (HTC-Columbia) venceu hoje a segunda etapa da Volta ao Algarve conquistando a amarela. O ciclista germânico conseguiu compensar o dia de ontem provando ser o mais forte numa chegada a sprint. Foi uma corrida marcada pelo mau tempo permanente e pelos seus 207.5 quilómetros entre Sagres e Lagos.

A corrida foi animada por um homem: o Suiço David Vitoria (Footon-Servetto) esteve fugido quase 200 quilómetros tendo sido apanhado já a poucos metros da meta.

A corrida começou apesar de alguns protestos de ciclistas para encurtar a etapa uns quilómetros, no entanto esse pedido não foi aceite pelos comissários tendo sido considerada por muitos uma prova quase deshumana. “Estava muito mau tempo”, disse Greipel. “Não é propriamente saudável fazer 207 quilómetros com chuva como estava, e se eu tiver uma constipação amanhã já sei porque foi.”. A prova foi tão brutal, que Greipel só conseguiu termina-la 75 minutos após o tempo previsto de chegada – fez a corrida a uma média de 35,347km/h. Esta situação originou muitas desistências por parte dos ciclistas.

De resto, a corrida foi logo animada com uma fuga ao quilómetro 12 onde cinco ciclistas – David Vitoria (Footon-Servetto), Jeremy Hunt (Cervélo), Jerome Baugnies (Topsport Vlaanderen-Mercator), Michal Golas (Vacancoleil) e Julien Fouchard (Cofidis) – chegaram a ter 12 minutos de vantagem. No entanto Vitoria foi o mais resistente resistindo até ao último quilómetro onde acabou por ser apanhado.

Assim, numa chegada a sprint, Greipel conseguiu conquistar o primeiro lugar seguido de Roelandsts (Omega Pharma-Lotto) e de Samuel Sanchez  (Euskaltel) com a segunda e terceira posição respectivamente.

Amanhã vai-se correr a etapa rainha da Volta ao Algarve, uma ligação de 173,7 quilómetros entre Castro Marim e o Alto do Malhão.

[info]Fotografias e Classificações: Clique aqui para aceder[info]

Leave a Reply