Sexta-feira, 11 de Dezembro, 2015

Laboratório de Ghent confirma presença de substância proibida


Boas noticias para os irmãos Mario e Rui Costa. O laboratório de Ghent comprovou que o suplemento nutricional que os dois irmãos consumiram estava contaminado com a substancia metilhexanamina. O laboratório vem assim confirmar a tese defendida pelos dois irmãos, de que ambos consumiram um suplemento nutricional contaminado.

Anadraulic Pump, é o nome do suplemento de origem norte-americana, que tanta complicação causou nos últimos meses aos dois irmãos. A empresa responsável pelo suplemento ignora os efeitos secundários do mesmo, um deles que será a metilhexanamina que os dois irmãos controlaram positivo durante os Campeonatos Nacionais.

A analise feita ao produto no dia 23 de Agosto, no Laboratório de Microbiologia e Imunologia da Universidade de Ghent, na Bélgica, certificado pela UCI, confirmou a presença da substancia metilhexanamina e que esta não está incluída na informação prestada ao consumidor, e que viola a lei da Agência Mundial Antidopagem (AMA). No entanto, o Concelho Nacional Antidopagem (CNAD) recusa-se a diminuir a punição para entre dois a quatro meses e quinze dias, pena solicitada pela Federação Portuguesa de Ciclismo, e afirma ainda que o mínimo deverá ser de um ano.

Leave a Reply