Sábado, 6 de Fevereiro, 2016

Vinokourov ataca para a vitória


Alexandre Vinokourov, ciclista cazaque da Astana, venceu hoje a 13ª Etapa da Volta a França dando a primeira vitória à Astana. Foi um ataque a pouco mais de 6 quilómetros para a meta, durante a subida de terceira categoria, que o veterano se isolou na frente, conseguindo chegar à meta com algumas centenas de metros de vantagem. Após a “desilusão” de ontem, o cazaque conseguiu a sua desejada vitória. O pelotão chegou segundos depois, com sprint pelos pontos e Cavendish (Columbia) a terminar na segunda posição enquanto Petacchi (lampre terminou na terceira. Na geral, tudo na mesma, com Andy Schleck a liderar a classificação.

A etapa foi animada por uma fuga de três homens que se formou no inicio. Sylvain Chavanel (Quick Step), Pierrick Fedrigo (Bbox) e Juan António Flecha (Team Sky) isolaram-se na frente e só foram alcançados nos últimos 10 km. O pelotão trabalhou arduamente para anular a fuga e levar os homens rápidos ao sprint, mas os ataques durante a subida desfizeram todo o trabalho feito pelas equipas.

Alessandro Ballan foi o primeiro a tentar, conseguindo isolar-se na frente da corrida durante uns quilómetros. Vinokourov aproveitou logo de seguida para atacar, saindo facilmente do pelotão e acabando por ultrapassar Ballan, que acabou absorvido pelo pelotão. “Vino” conseguiu manter-se sempre na frente, ganhando alguma vantagem na descida para a meta. Assim, chegou à meta isolado, com o pelotão a passar 13 segundos depois.

Na geral, pouco ou nada foi alterado, no entanto a luta pela camisola verde está acesa, com a camisola a mudar, mais uma vez, de dono, a passar de Thor Hushovd para Alessandro Petacchi. A amarela vai ser posta em causa na etapa de amanhã, já nos Pirineus.

O dia de amanhã vai ser sem duvida importante para a classificação geral onde os dois principais favoritos – Schleck e Contador – vão lutar arduamente pela camisola. Com uma meta instalada no alto de uma primeira categoria, os trinta segundos que separam os dois ciclistas poderá não significar nada. Será que Schleck está à altura de Contador para manter a liderança?

Multimédia

{gallery}corridas/tour10/13etapa{/gallery}

Classificações

13º Etapa

1      Alexander Vinokourov (Kaz) Astana      4:26:26
2     Mark Cavendish (GBr) Team HTC – Columbia     0:00:13
3     Alessandro Petacchi (Ita) Lampre-Farnese Vini
4     Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Professional Cycling Team
5     Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Caisse d’Epargne
6     Julian Dean (NZl) Garmin – Transitions
7     Anthony Geslin (Fra) Française des Jeux
8     Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team
9     Grega Bole (Slo) Lampre-Farnese Vini
10     Lloyd Mondory (Fra) AG2R La Mondiale

Geral

1      Andy Schleck (Lux) Team Saxo Bank      63:08:40
2     Alberto Contador Velasco (Spa) Astana     0:00:31
3     Samuel Sánchez Gonzalez (Spa) Euskaltel – Euskadi     0:02:45
4     Denis Menchov (Rus) Rabobank     0:02:58
5     Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto     0:03:31
6     Levi Leipheimer (USA) Team Radioshack     0:04:06
7     Robert Gesink (Ned) Rabobank     0:04:27
8     Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha     0:04:58
9     Luis León Sánchez Gil (Spa) Caisse d’Epargne     0:05:02
10     Roman Kreuziger (Cze) Liquigas-Doimo     0:05:16

Leave a Reply