Sexta-feira, 11 de Dezembro, 2015

Valverde vence segunda etapa no País Basco



Alejandro Valverde, espanhol da Caisse d’Epargne, venceu a segunda etapa num sprint renhido com Óscar Freire. Apesar do protesto de ontem, Valverde fez quase o mesmo que Freire fez, no entanto a Rabobank não apresentou queixa e assim a vitória foi mesmo para Valverde. Com esta vitória, Alejandro Valverde continua com a camisola amarela com o mesmo tempo de Freire.



A etapa de hoje, uma ligação de Zierbena a Viana totalizando 209 quilómetros, contou logo com seis contagens de montanha e com uma meta em ascenção. A etapa começou logo com uma fuga de três homens – Michael Rogers (HTC-Columbia), Amets Txurruka (Euskaltel-Euskadi) e Jose Alberto Benitez (Footon-Servetto) – que iniciaram a sua aventura à passagem pela primeira montanha, uma terceira categoria no quilómetro vinte. Benitez era o melhor classificado dos três, a 2m40s de Valverde.

A vantagem começou a tornar-se significativa quando os três começaram a trabalhar em conjunto, com Txurruka a conquistar os pontos de montanha, alcançando uma vantagem máxima de 7m40s. A vantagem só começou a cair na penúltima subida, uma segunda categoria, com o vente a bater forte no trio. No pelotão, a Garmin e a Rabobank também decidiram começar a ajudar a Caisse d’Epargne a eliminar ou reduzir a vantagem que nessa altura se fixava nos 4m50. Benitez não resistiu acabando mesmo por descolar e não regressar.

Mas o vento não fez só estragos no grupo. No pelotão as coisas começaram a complicar quando faltavam 42 quilómetros, onde uma rajada fortíssima separou o pelotão em dois grupos, causando o pânico entre as equipas.

O pelotão acabou por se reagrupar mais tarde e começaram a perseguição final ao dueto na frente. Faltavam 30 quilómetros e o duo constituído por Rogers e Txurruka foi “dizimado” pelo pelotão. Com o pelotão compacto diversas equipas começaram com ataques elevando bastante o ritmo do pelotão.

A aproximação do sprint final ia sendo feito com bastante desorganização, em grande parte devido ao vento e ao ritmo elevado que se fazia sentir no pelotão. Apesar disso, a Caisse ainda conseguiu controlar o pelotão preparando Valverde para o ataque final. No entanto Bradley Wiggins (Sky) atacou levando consigo Ryder Hesjedal (Garmin-Transitions) e Rigoberto Uran (Caisse d’Epargne). A um quilometro, o grupo não aguentava, com sendo alcançados pelos restantes sprinters. Valverde seguia do outro lado da estrada a sprintar com Óscar Freire na sua roda. Valverde foi assim o primeiro a cruzar a meta, com Freire a cruzar na segunda posição. Tão intenso foi o sprint que conseguiram formar uma pequena vantagem de 1 segundo para o restante pelotão.

Nota aqui para o grande fair-play de Freire que no final da corrida apertou a mão a Valverde, um sinal que demonstrou que a situação de ontem não causou qualquer rivalidade entre estes dois magníficos ciclistas.

ERRATA: No titulo, em vez de estar escrito segunda estava escrito terceira. As nossas desculpas pelo sucedido. 

Classificação

Etapa
1 Alejandro Valverde (Spa) Caisse d’Epargne 5:53:40
2 Óscar Freire (Spa) Rabobank
3 Francesco Gavazzi (Ita) Lampre-Farnese Vini 0:00:01
4 Michael Albasini (Swi) Team HTC – Columbia
5 Samuel Sánchez (Spa) Euskaltel – Euskadi
6 Ryder Hesjedal (Can) Garmin – Transitions
7 Kristijan Koren (Slo) Liquigas-Doimo
8 Alexandr Kolobnev (Rus) Team Katusha
9 Damiano Cunego (Ita) Lampre-Farnese Vini
10 Paul Martens (Ger) Rabobank
11 Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha
12 David Loosli (Swi) Lampre-Farnese Vini
13 Rigoberto Uran (Col) Caisse d’Epargne
14 Alexandre Botcharov (Rus) Team Katusha
15 Daniel Martin (Irl) Garmin – Transitions

Geral
1 Alejandro Valverde (Spa) Caisse d’Epargne 9:51:38
2 Óscar Freire (Spa) Rabobank
3 Ryder Hesjedal (Can) Garmin – Transitions 0:00:01
4 Alexandr Kolobnev (Rus) Team Katusha
5 Rigoberto Uran (Col) Caisse d’Epargne
6 Daniel Martin (Irl) Garmin – Transitions
7 Haimar Zubeldia (Spa) Team Radioshack
8 Joaquin Rodriguez (Spa) Team Katusha
9 Damiano Cunego (Ita) Lampre-Farnese Vini
10 Jurgen Van Den Broeck (Bel) Omega Pharma-Lotto
11 Robert Gesink (Ned) Rabobank
12 Sandy Casar (Fra) Française Des Jeux
13 Marco Pinotti (Ita) Team HTC – Columbia
14 Christophe Le Mevel (Fra) Française Des Jeux
15 Beñat Intxausti (Spa) Euskaltel – Euskadi

Leave a Reply