Sexta-feira, 25 de Dezembro, 2015

Tony Martin vence o ‘crono’; Cadel Evans é o novo líder


Foi hoje, na 20ª etapa da Volta a França, a penúltima etapa, que tudo se decidiu. Tony Martin, da HTC-Highroad, foi o grande vencedor do contra-relógio individual, terminando a prova de 42,5 quilómetros com um tempo-canhão de 55m33 segundos. Apesar da vitória do alemão da HTC, Cadel Evans, da BMC, foi o grande protagonista do dia, ao vencer quase o contra-relógio – terminou em segundo a apenas 7 segundos – e ao roubar a camisola amarela a Andy Schleck, tendo “quase” como garantida a sua primeira vitória no Tour de France. Atrás do ciclista australiano terminou Alberto Contador, com 1m06 para Martin.

Esta etapa era o tudo ou nada, a última hipotese para ganhar tempo. Amanhã é a última etapa, de consagração do vencedor, e como manda a tradição, não há ataques à camisola amarela. Sem azares à mistura já é possível afirmar que Cadel Evans é o vencedor da Volta a França de 2011. Em aberto está ainda a camisola verde, vestida por Mark Cavendish (HTC-Highroad), segura apenas por 15 pontos para Jose Joaquin Rojas, da Movistar.

Cadel Evans conseguia ganhar cada vez mais tempo. Era tanto o tempo que ganhava, que cada vez mais não só garantia conseguir conquistar a camisola amarela, como também parecia que ia conseguir levar a vitória do contra-relógio para casa. Acabou por terminar a sete segundos de Tony Martin não ganhando o ‘crono’. Mas esse não era o objectivo do australiano: este queria conquistar a camisola amarela e para isso tinha que ganhar 57 segundos a Andy Schleck, anterior líder da Volta a França. Cadel Evans não se ficou pelos 57 segundos, acabou no final a ganhar 2m31 segundos para o luxemburguês.

Está assim o Tour de France praticamente decidido. Salvo algum azar do australiano, amanhã vai envergar a camisola amarela no pódio, em Paris, dizendo adeus ao título do “eterno segundo”. Apenas a luta pela classificação por pontos se encontra aberta e Cavendish vai dar amanha o tudo por tudo para manter a camisola verde no pódio.

Classificações

20ª Etapa – Grenoble – Crono individual (41km)
1 Tony Martin (Ger) HTC-Highroad 0:55:33
2 Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team 0:00:07
3 Alberto Contador Velasco (Spa) Saxo Bank Sungard 0:01:06
4 Thomas De Gendt (Bel) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team 0:01:29
5 Richie Porte (Aus) Saxo Bank Sungard 0:01:30
6 Jean-Christophe Peraud (Fra) AG2R La Mondiale 0:01:33
7 Samuel Sanchez Gonzalez (Spa) Euskaltel-Euskadi 0:01:37
8 Fabian Cancellara (Swi) Leopard Trek 0:01:42
9 Peter Velits (Svk) HTC-Highroad 0:02:03
10 Rein Taaramae (Est) Cofidis, Le Credit En Ligne
11 Thomas Danielson (USA) Team Garmin-Cervelo 0:02:08
12 Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Procycling 0:02:10
13 Thomas Voeckler (Fra) Team Europcar 0:02:14
14 Maxime Monfort (Bel) Leopard Trek 0:02:36
15 Kristijan Koren (Slo) Liquigas-Cannondale

51 Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team 0:04:39
79 Sergio Miguel Moreira Paulinho (Por) Team RadioShack 0:05:42

Geral Individual
1 Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team 83:45:20
2 Andy Schleck (Lux) Leopard Trek 0:01:34
3 Fränk Schleck (Lux) Leopard Trek 0:02:30
4 Thomas Voeckler (Fra) Team Europcar 0:03:20
5 Alberto Contador Velasco (Spa) Saxo Bank Sungard 0:03:57
6 Samuel Sanchez Gonzalez (Spa) Euskaltel-Euskadi 0:04:55
7 Damiano Cunego (Ita) Lampre – ISD 0:06:05
8 Ivan Basso (Ita) Liquigas-Cannondale 0:07:23
9 Thomas Danielson (USA) Team Garmin-Cervelo 0:08:15
10 Jean-Christophe Peraud (Fra) AG2R La Mondiale 0:10:11

81 Sergio Miguel Moreira Paulinho (Por) Team RadioShack 2:24:29
91 Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team 2:31:34

Leave a Reply