Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015

Thor Hushovd: “A minha cabeça está na Noruega”


O ciclista noruguês, Thor Hushovd, actual campeão do mundo, diz-se triste por os atentados que têm ocorrido no seu país natal, a Noruega, e que já vitimou, até agora, 91 pessoas. Na partida para o contra-relógio individual da 20ª etapa, Hushovd diz que “a minha cabeça está na Noruega.”

“Estou bastante triste, e penso em todas as pessoas afectadas. É duro quando estamos afastados do país. Assim, correr perde todo o sentido. O desporto não importa quando vemos o que se passa no Mundo,” comentou o campeão.

“Desejava que o Tour já tivesse terminado, todos os pensamentos estão com os noruegueses“, disse Hushovd, depois de uma conversa com o seu compatriota Edvald Boasson Hagen, ciclista da Sky e o outro único norueguês no Tour de France.

“Para nós, não é possível compreender o que está a acontecer. É um país que foi atacado, é assustador. Estou muito triste, não acreditávamos que isto pudesse acontecer e quando menos esperamos vemos que pode acontecer a qualquer um.”, concluiu o ciclista.

A Noruega foi vitima de dois ataques na passada sexta-feira, primeiro uma explosão de uma bomba no centro governamental em Oslo e depois um tiroteio num campo de férias organizado pelo Partido Trabalhista. Estes atentados já provocaram a morte a 91 pessoas. A equipa Web Ciclismo está solidária com a Noruega e o seu povo.

 

Leave a Reply