Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015

Rui Costa conquista vitória na Suiça


Rui Costa, o ciclista português da Caisse D’Epargne, venceu hoje a oitava etapa da Volta à Suiça numa chegada a solo após escapar da fuga que integrava desde o quilómetro 27. Faltavam 10 quilómetros quando o poveiro atacou, isolando-se na frente. Com os colegas de fuga já sem forças, Costa conseguiu vencer na meta com 15 segundos de vantagem para os seus perseguidores. Gesink conseguiu ainda assim terminar com 1m16s para Rui Costa, mantendo a liderança bastante sólida.

Foi uma etapa extraordinária. O longo grupo escapou logo ao quilómetro 27 onde Rui Costa foi integrado. Com ele foi também o seu colega de equipa José Joaquin Rojas. O grupo seguiu sempre isolado e bem organizado na frente da corrida, mas já dentro dos ultimos 20 quilómetros, no circuito final, os ataques foram-se sucedendo uns atrás dos outros.

Foi então que Costa, aproveitando todo o desgaste dos seus companheiros de fuga, desferiu o ataque final, sem resposta, isolando-se na frente. Faltavam 10 quilómetros para a meta e Rui Costa seguia isolado na frente, com outros dois ciclistas em sua perseguição, sendo um deles o seu companheiro Joaquin Rojas.

{source}<center><object width=”640″ height=”385″><param name=”movie” value=”http://www.youtube.com/v/9xMTTyEOgUU&hl=pt_PT&fs=1&rel=0″></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><embed src=”http://www.youtube.com/v/9xMTTyEOgUU&hl=pt_PT&fs=1&rel=0″ type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”640″ height=”385″></embed></object></center>{/source}

Mesmo assim o poveiro mostrou-se sempre à altura e conseguiu terminar isolado com 15 segundos de vantagem para os dois perseguidores. Rojas terminou na segunda posição, dando a dobradinha para a equipa espanhola, e quatro segundos depois Maxime Monfort (HTC-Columbia) cruzou a meta. 1m16 segundos depois, cruzou o pelotão, com Gesink incluído.

Amanhã corre-se a última etapa da Volta à Suiça, um contra-relógio individual de 30 quilómetros, onde os primeiros 11 quilómetros vão ser os decisivos. Gesink vai ser o último a sair com uma vantagem de 29 segundos para Rigoberto Uran, colega de equipa de Rui Costa. Ainda não está nada decidido.

Classificações

8º Etapa

1 Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Caisse d’Epargne 4:10:32
2 Jose Joaquin Rojas Gil (Spa) Caisse d’Epargne 0:00:15
3 Maxime Monfort (Bel) Team HTC – Columbia 0:00:19
4 Sandy Casar (Fra) Française Des Jeux 0:00:34
5 Alessandro Vanotti (Ita) Liquigas-Doimo
6 Lars Petter Nordhaug (Nor) Sky Professional Cycling Team
7 Tom Danielson (USA) Garmin – Transitions 0:00:39
8 Daniele Pietropolli (Ita) Lampre-Farnese Vini 0:01:14
9 Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team 0:01:16
10 Robert Gesink (Ned) Rabobank

Geral

1 Robert Gesink (Ned) Rabobank 34:27:47
2 Rigoberto Uran (Col) Caisse d’Epargne 0:00:29
3 Steve Morabito (Swi) BMC Racing Team 0:00:36
4 Fränk Schleck (Lux) Team Saxo Bank 0:00:38
5 Joaquin Rodriguez Oliver (Spa) Team Katusha 0:00:42
6 Matteo Carrara (Ita) Vacansoleil Pro Cycling Team 0:00:54
7 Lance Armstrong (USA) Team Radioshack 0:00:55
8 Oliver Zaugg (Swi) Liquigas-Doimo 0:01:01
9 Jakob Fuglsang (Den) Team Saxo Bank 0:01:17
10 Thomas Lövkvist (Swe) Sky Professional Cycling Team 0:01:38

Leave a Reply