Sábado, 26 de Dezembro, 2015

Philip Deignan foge, vence e sobe ao Top 10


Foi hoje, na 18ª etapa da Vuelta, a penultima etapa de montanha, que Philip Deignan integra na fuga do dia que chega com mais de nove minutos, e ainda consegue subir para nono lugar na Classificação Geral. Kreuziger ficou com a segunda posição a 3 segundos, e Fuglsang a 16 segundos.


Hoje foi uma chegada a Ávila, que é uma das mais frequentes na Vuelta. Um Final bastante duro, uma subida em pavé (Paralelo) que marca a entrada na cidade. Para ajudar os ciclistas, o dia estava chuvoso, e chuva com pavé é uma combinação fatal. Esta etapa contou com alguma montanha . Uma contagem de primeira categoria situada na primeira metade da corrida era o local ideal para fazer uma fuga. E assim o foi: 16 ciclistas aproveitaram para se juntarem num grupo que dominou toda a etapa. Entre eles, estava David Moncoutie, líder da classificação de montanha, que acabou por consolidar a vantagem ao passar em primeiro o Puerto de Mijares, mas nas montanhas seguintes não mostrou muito interesse visto que já tinha a Verde na mão. Com o desinteresse na montanha, também veio o desinteresse da vitória da Etapa, mas ainda haviam outros que estavam decididamente interessados em ganhar. Este grupo incluía Kreuziger (Liquigas), Fuglsang e Breschel (Saxo Bank), Gilbert (Lotto), Herrero (Xacobeo), Deignan (Cervelo) Anton (Euskaltel), Taaramae, Fernandez (Cofidis), Valjavec (AG2R), Di Gregorio e Cherel (FdJeux) Del Nero (Fuji), Vasquez (Contentpolis) e Hernandez (Astana). A Cofidis conseguiu colocar 3 homens na fuga, mas não fez grande uso desse numero. Deignan era o melhor posicionado na geral – 18º a mais de 17 minutos de Valverde.

Uns minutos mais abaixo, no Pelotão, era a Euskaltel que tomava conta da perseguição. O Ritmo era vivo, mas não o suficiente para fazer a vantagem descer que a 40 quilómetros tinham apenas quatro minutos de vantagem. Ninguém, incluindo Sanchez, decidiu aproveitar a oportunidade para atacar, talvez devido ao piso molhado e às curvas perigosas. Claro que isto são boas noticias para a fuga que ia vendo a vantagem aumentar. No Pelotão, ninguém se lembrava que Philip Deignan estava na fuga.

Foi na derradeira subida, a 15km de Ávila, que tudo começou a decidir-se em relação à vitória na etapa. Os fugitivos desuniu-se após diversos ataques, deixando um par na frente da corrida para os últimos km. Com Ávila à vista, Kreuziger e Deignan estavam certos que iam discutir entre si o lugar no pódio. Deignan era o mais rápido e o favorito e por isso Kreuziger devia tentar uma ‘manobra de Antecipação’. E foi dentro do ultimo km que o ciclista da Liquigás tentou a sua sorte. Enquanto Deignan olhava para trás, Kreuziger aproveitou para tentar fugir, mas fora de tempo… Deignan acabou por apanha-lo e ganhar a etapa.

Na Cervelo, contavam-se  os minutos do pelotão para ver se conseguia terminar no top 10. Para o ciclista seria um dia extraordinário se conseguisse ganhar uma etapa e como bónus entrar no Top 10. E assim o foi. O pelotão chegou com uns “ligeiros” 9 minutos e 40 segundos (Nada de especial comparado com os 25 minutos da anterior etapa). Com isso conseguiu ir para o 9º da Geral.

Classificação da Etapa


Pos.Dor.NombreNac.Equ.Tiempo
162DEIGNAN, PhilipIRLCTT4:19:14
2135KREUZIGER, RomanCZELIQa 03
3195FUGLSANG, JacobDENSAXa 16
489VÁZQUEZ, ManuelESPMCOa 39
52ANTON, IgorESPEUSa 41
693CHEREL, MikaelFRAFDJa 42
779TAARAMAE, ReinESTCOFa 42
894DI GREGORIO, RémyFRAFDJa 42
933HERNÁNDEZ BLÁZQUEZ, JesúsESPASTa 42
10104DEL NERO, JesúsESPFUJa 42

Classificação Geral


Pos.Dor.NombreNac.Equ.Tiempo
151VALVERDE, AlejandroESPGCE078:56:42
2154GESINK, RobertNEDRABa 32
31SÁNCHEZ, SamuelESPEUSa 01:10
4131BASSO, IvanITALIQa 01:29
5161EVANS, CadelAUSSILa 01:51
6211MOSQUERA, EzequielESPXACa 01:55
758RODRIGUEZ, JoaquinESPGCEa 05:54
8128TIRALONGO, PaoloITALAMa 06:35
962DEIGNAN, PhilipIRLCTTa 07:49
10101COBO, Juan JoséESPFUJa 10:46

 

Foto: © Unipublic

Leave a Reply