Sexta-feira, 11 de Dezembro, 2015

Percurso do Tour 2010 anunciado


A edição de 2010 da Volta a França em Bicicleta foi hoje apresentada em Paris, na presença de Lance Armstrong, do espanhol Alberto Contador, e do luxemburguês Andy Schleck, e conta com o ponto alto a travessia dos Pirenéus, tal como à 100 anos. Contador já demonstrou grande satisfação com o traçado do Tour de 2010.

Em 1910, os ciclistas escalaram os Pirenéus, e agora, 100 anos depois, voltam a escalar as montanhas entre a França e a Espanha, Peyresourde, Aspin, Tourmalet e Aubisque.

Esta combinação das quatro passagens de alta montanha, apelidada de “O Circulo da Morte”, marcou presença em várias edições do Tour e sem duvida será um bom indicador sobre quem triunfará.

“Vamos seguir na esteira de Eddy Merckx nesta árdua sucessão de subidas de montanha”, refere o director da prova, Christian Prudhomme.

A edição de 2010 do Tour vai começar com um prólogo de 8 quilómetros em Roterdão, na Holanda, a 3 de Julho, e a ultima passagem pela meta está prevista para 3 semanas ao longo de 3.596 quilómetros, nos Champs-Elysees, em Paris.

Os ciclistas, pelo meio, passarão pela Bélgica e enfrentarão seis etapas de montanha, incluído três metas no topo de um colina, quatro de média montanha e apenas uma de Contra-Relógio Individual.

“Com a celebração da primeira travessia dos Pirenéus é lógico que, comparativamente com os Alpes nas edições anteriores, esta edição do Tour será mais difícil e exigente”, referiu Christian Prudhomme.

Para além disto tudo, o Tour fará uma homenagem a duas prestigiadas clássicas: a Lige-Bastogne-Lige e Paris-Roubaix, onde os ciclistas terão de atravessar sete sectores de pedras, num total de 13,2 quilómetros, entre Wanze, Bélgica e Arenberg Porte du Hainaut, França, a 06 de Julho.

Em relação aos rádios nada se sabe, mas parece que se irão manter, pelo menos na maioria das etapas.

Será sem duvida uma excelente edição do Tour! O que acha desta edição? Será muita emoção? Veremos! Como dizia o outro: Não Perca o Próximo Episódio, Porque Nós Também Não!

Leave a Reply