Sexta-feira, 11 de Dezembro, 2015

Oscar Freire consegue terceira vitória na Milan – San Remo


Oscar Freire, espanhol da RaboBank, venceu hoje a 101ª edição da clássica italiana, Milan – San Remo. O espanhol posicionou-se correctamente para um sprint restrito a um grupo de 25 homens, impondo-se ao favorito para a vitória Tom Boonen (QuickStep) e Alessandro Petacchi (Lampre), que conseguiram a segunda e terceira posição respectivamente. Apesar de várias tentativas de fugas nos últimos quilómetros, este restrito grupo conseguiu chegar compacto à meta onde Freire foi o mais forte.



Esta 101ª edição da Milan – San Remo contou com um traçado de 294 quilómetros com as tradicionais dificuldades. A corrida foi sempre animada com muitas fugas, mas como já seria de esperar nenhuma teve o resultado desejado. No entanto a corrida aqueceu mais nos últimos 20 quilómetros, na descida de Cipressa, a penúltima montanha da corrida, onde o francês Yoann Offredo (Francaise dês Jeux) conseguiu isolar-se e rolar sozinho até à ultima ascensão de Poggio, onde o pelotão já estava totalmente desfeito.

Este ataque ainda assustou, mas não causou muitos problemas, onde, tal como previsto, acabou por ser apanhado. Com o francês apanhado, foi altura de Stefano Garzelli, vencedor do passado Tirreno – Adriático, impor um forte ritmo no restante pelotão, reduzindo-o a um grupo de 25 homens. Logo de seguida, com Garzelli já cansado, o ciclista da  HTC, Michael Rogers, lançou-se num ataque logo respondido por Phillipe Gilbert. O ataque não teve sucesso, tal como o ataque que se sucedeu da parte de Filippo Pozzato (Katusha). No entanto o actual campeão italiano não desistiu e durante a descida de Poggio voltou a atacar. No entanto sem forças voltou a ser engolido pelo grupo.

Então já na recta final, a Liquigas lançou Bennati no sprint, no entanto Freire conseguiu ser o mais forte, conquistando assim a sua terceira vitória nesta corrida histórica.

Classificação da Prova

1 Oscar Freire Gomez (Spa) Rabobank 6:57:28
2 Tom Boonen (Bel) Quick Step
3 Alessandro Petacchi (Ita) Lampre-Farnese Vini
4 Sacha Modolo (Ita) Colnago – CSF Inox
5 Daniele Bennati (Ita) Liquigas-Doimo
6 Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team
7 Francesco Ginanni (Ita) Androni Giocattoli
8 Maxim Iglinsky (Kaz) Astana
9 Philippe Gilbert (Bel) Omega Pharma-Lotto
10 Luca Paolini (Ita) Acqua & Sapone

Multimédia 

{gallery}corridas/milan-sanremo/2010/{/gallery} 

Leave a Reply