Sábado, 27 de Fevereiro, 2016

Maiorca: Rui Costa vence Troféu Deià


O Ciclista Português Rui Costa conseguiu reivindicar, hoje, na quarta corrida do Challenge de Maiorca – o Troféu Deià -, a vitória após um sprint entre ele e Joan Horrach (Tea Katusha), parceiro de fuga. Os dois ciclistas fugiram de uma outra fuga com 33 homens liderado por um colega de Costa, José Gutiérrez, que passou sete segundos depois.

Pela segunda vez consecutiva, a montanha de segunda categoria de Puig Major, a maior montanha de Maiorca, provou ser decisiva no desenlaça de toda a corrida. Foi ai que se formou um restrito grupo de ciclistas que tinham todas as possibilidades de lutar pela vitória. No entanto, Joan Horrach não gostou muito da concorrência e tentou livrar-se dela, fugindo sozinho. Então, Rui Costa, demonstrado a sua capacidade estratégica de leitura da corrida, respondeu a Joan Horrach, assim como Rein Taaramae (Cofidis).

O trio manteve-se junto até à última montanha do dia localizada a seis quilómetros da meta. Taaramea sentiu algumas dificuldades e acabou mesmo por ser deixado para trás. Costa e Horrach continuaram e já na meta Rui Costa conseguiu derrotar o natural de Deià que queria uma vitória em casa.

Este Challenge tem a particularidade de permitir alterações do pelotão e por isso esta foi apenas a segunda corrida de 2010 do Português. Amanhã é a última corrida do ciclo onde se espera uma corrida com um nível de dureza semelhante a esta, totalizando 159 quilómetros. Cardoso esteve em descanso ontem e hoje, mas amanhã já está previsto voltar à estrada representar a Footon-Servetto.

Classificação

1º Rui Costa (Caisse D’Epargne), 3h27m21s
2º Joan Horrach (Katusha), a 2s
3º José Iván Gutiérrez (Caisse D’Epargne), a 7s
4º Aitor Pérez (Footon-Servetto), mt
5º José Joaquín Rojas (Caisse D’Epargne), mt
6º Kim Kirchen (Katusha), mt
7º Beñat Intxausti (Euskaltel-Euskadi), mt
8º Manuel Vázquez (Andalucía-Cajasur), mt
9º Rafael Valls (Footon-Servetto), mt
10º Eduard Vorganov (Katusha), mt

Leave a Reply