Quinta-feira, 11 de Fevereiro, 2016

Freire conquista Troféu Cala Millor, Cardoso em terceiro


Vitoria para Freire, Greipel em TerceiroÓscar Freire (Rabobank) conseguiu ontem a sua primeira vitória de 2010, onde conseguiu ser o mais forte no Troféu Cala Millor, a segunda corrida do Challenge Ciclista a Maiorca. Numa corrida marcada por uma fuga de cinco ciclistas, o final acabou mesmo por ser disputado num forte sprint onde Óscar Freire provou ser o mais forte. Greipel, da Columbia, e Cardoso, Footon-Servetto, conseguiram, respectivamente, o segundo e terceiro lugar.


Ao contrário do primeiro dia de corrida onde não houve muita liberdade para tentativas de ataques, ontem já foi possível ocorrer uma fuga com bastante sucesso: cinco ciclistas, nomeadamente Luis Mas (Burgos Monumental), David Deroo (Skil-Shimano) e Ronan Van Zandbeek (Van Vliet EBH Elshof) libertaram-se do pelotão logo após os primeiros 8 quilómetros de corrida e foram seguidos, mais tarde, por Manuel Ortega (Andalucia-Cajasur) e Andoni Blazquez (Orbea). A fuga conseguiu ainda uma vantagem significativa da ordem dos 6 minutos e 10 segundos do pelotão, onde este trabalhou no duro para alcançar a fuga.

Van Zandbeek ainda tentou novamente a sua sorte após o grupo ter sido apanhado, mas no entanto a 15 quilómetros da meta foi novamente apanhado.

O ritmo do pelotão subiu bastante, levando a uma quebra a seis quilómetros do final.

Classificação

1º Óscar Freire (Rabobank), 4h14m21s
2º André Greipel (Team HTC-Columbia), mt
3º Manuel Cardoso (Footon-Servetto), mt
4º Robert Förster (Milram), mt
5º Koldo Fernández (Euskaltel-Euskadi), mt
6º Jens Keukeleire (Cofidis), mt
7º José Joaquín Rojas (Caisse d’Epargne), mt
8º Kenny Van Hummel (Skil-Shimano), mt
9º Kevin Ista (Cofidis), mt
10º Mathieu Drujon (Caisse d’Epargne), mt
11º Nikolas Maes (Quick Step), mt
12º Tom Leezer (Rabobank), mt
13º Adam Blyth (Omega Pharma-Lotto), mt
14º David Vitoria (Footon-Servetto), mt
15º Dario Cataldo (Quick Step), mt

Leave a Reply