Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015

Footon-Servetto vai passar a ser Geox


A equipa espanhola da Footon-Servetto vai passar a denominar-se Geox. A empresa italiana vai fazer um investimento de seis milhões de euros com um prazo de dois anos. Para além disto, Damiano Cunego poderá juntar-se a Manuel Cardoso nas fileiras da equipa. A estrutura da equipa vai-se manter inalterada, sendo a única diferença vai ser a licença que passa a ser italiana, com Claudio Corti a exercer as funções de director desportivo.


Foi Corti que trouxe Damiano Cunego do amadorismo para o profissionalismo, em 2002. Com isto, considera-se que o italiano juntar-se à formação da Geox é um cenário bastante provavel.

É necessário para a futura Geox ter um nome destes na sua equipa, porque segundo a Gazzeta a Footon não está actualmente nas 17 melhores equipas do Ranking da UCI, e com as novas regras poderá não ter o lugar garantido nas Grandes Voltas da proxima temporada. Caso Cunego não aceite a proposta, especula-se a entrada de Chris Horner, Janez Brajkovic, Denis Menchov (Rabobank) ou Roman Kreuziger (Liquigas)  

Leave a Reply