Sexta-feira, 19 de Agosto, 2016

Chavanel vence isolado e conquista a Amarela


Sylvain Chavanel, ciclista francês da Quick Step, venceu hoje isolado a segunda etapa da Volta à França, terminando com um avanço de 3m53s para o pelotão, conquistando assim a camisola amarela ficando com uma vantagem de quase três minutos para Fabian Cancellara, segundo classificado. No pelotão, um protesto liderado pelo anterior camisola amarela, Fabian Cancellara, fez reduzir a marcha para todos os visados por uma queda que apanhou quase todos os favoritos conseguirem alcançar o pelotão. Na meta, não houve sprint de segundo e terceiro lugar para protestar contra o alto nível de perigo desta etapa.

A corrida começou logo a ser animada por um grupo originado pelo ataque de Chavanel, logo ao quilómetro 20. O grupo de 8 ciclistas era constituído por Chavanel e pelo seu colega de equipa Jérôme Pineau, integrando também Matthew Lloyd e Jürgen Roelandts, ambos da Omega Pharma-Lotto, Rein Taaramae da Cofidis, Francesco Gavazzi da Lampre, Sebastien Turgot da Bbox Bouygues Telecom e finalmente Marcus Burghardt da BMC. A fuga conseguiu alcançar vantagens da ordem dos seis minutos mas a vantagem ia caindo inevitavelmente, tal como alguns ciclistas que iam ficando para trás.

Aos trinta quilómetros, estava Chavanel na frente com uma vantagem de pouco menos de um minuto, e quando tudo parecia apontar para o final da fuga, uma queda no pelotão inverte totalmente a situação. Foi durante uma descida bastante técnica com a chuva como uma constante, que quase todos os favoritos iam caindo, um por um, dividindo o pelotão em vários grupos, com o grupo da frente sem qualquer dos favoritos. Atrás seguia um grupo onde quase todos os favoritos estavam, como Armstrong e Contador, mas em pior situação estavam os irmãos Schleck que seguiam mais atrás, com quase quatro minutos de atraso.

Onde tudo parecia perdido já para alguns, foi altura de entrar em vigor um verdadeiro acto de FairPlay: as diversas equipas entendem-se e reduzem a velocidade para as vitimas das quedas conseguirem alcançar o grupo. Com isto, a vantagem de Chavanel vai aumentando, e aumentando, até que chega aos três minutos no momento em que faltam poucos quilómetros para a meta.

Num acto de sacrifício da amarela, Cancellara contacta com os comissários da prova e comunica-lhes o plano: Uma chegada compacta sem qualquer sprint pelo segundo e terceiro lugar.

Amanhã vai ser mais uma durissima etapa, onde para além dos 213 quilómetros, já em território francês, vão ter pela frente sete troços de pavé, onde 4 deles vindos directamente do Paris-Roubaix. O comportamento do pelotão face a estas dificuldades ainda é uma incógnita, particularmente depois do que se sucedeu hoje, visto que estas etapas são de risco demasiado elevado para quem dedica uma temporada a treinar para o Tour e pode ver-se afastado por causa de um azar.

Já sabe que pode acompanhar a par e passo a etapa de amanhã através do nosso twitter (@WebCiclismo) ou aqui.

Multimédia

{source}<center><object width=”480″ height=”385″><param name=”movie” value=”http://www.youtube.com/v/oWwwoqIRIuc&amp;hl=pt_PT&amp;fs=1″></param><param name=”allowFullScreen” value=”true”></param><param name=”allowscriptaccess” value=”always”></param><embed src=”http://www.youtube.com/v/oWwwoqIRIuc&amp;hl=pt_PT&amp;fs=1″ type=”application/x-shockwave-flash” allowscriptaccess=”always” allowfullscreen=”true” width=”480″ height=”385″></embed></object></center>{/source}

{gallery}corridas/tour10/2etapa{/gallery}

Classificações

2º Etapa

1 Sylvain Chavanel (Fra) Quick Step 4:40:48
2 Maxime Bouet (Fra) AG2R La Mondiale 0:03:56
3 Fabian Wegmann (Ger) Team Milram
4 Robbie McEwen (Aus) Team Katusha
5 Christian Knees (Ger) Team Milram
6 Jurgen Roelandts (Bel) Omega Pharma-Lotto
7 Thor Hushovd (Nor) Cervelo Test Team
8 Linus Gerdemann (Ger) Team Milram
9 Matthieu Ladagnous (Fra) Française des Jeux
10 Bernhard Eisel (Aut) Team HTC – Columbia

37 Rui Alberto Faria da Costa (Por) Caisse d’Epargne
138 Sergio Paulinho (Por) Team Radioshack 0:08:51

Geral

1 Sylvain Chavanel (Fra) Quick Step 10:01:25
2 Fabian Cancellara (Swi) Team Saxo Bank 0:02:57
3 Tony Martin (Ger) Team HTC – Columbia 0:03:07
4 David Millar (GBr) Garmin – Transitions 0:03:17
5 Lance Armstrong (USA) Team Radioshack 0:03:19
6 Geraint Thomas (GBr) Sky Professional Cycling Team 0:03:20
7 Alberto Contador Velasco (Spa) Astana 0:03:24
8 Levi Leipheimer (USA) Team Radioshack 0:03:25
9 Edvald Boasson Hagen (Nor) Sky Professional Cycling Team 0:03:29
10 Linus Gerdemann (Ger) Team Milram 0:03:32

30 Rui Alberto Faria da Costa (Por) Caisse d’Epargne 0:03:46
134 Sergio Paulinho (Por) Team Radioshack 0:08:46

Leave a Reply