Sábado, 12 de Dezembro, 2015

Cadel Evans sai da Lotto e assina com BMC


Cadel Evans está de saída da Silence-Lotto e assinou um contrato de 3 anos com a equipa suíça. O australiano campeão do mundo de estrada saiu da formação da Silence-Lotto, com consentimento de ambas as partes, este Sábado. A equipa justificou a saída de Evans como uma subida do valor de mercado do ciclista, que foi aproveitada por este para aproveitar novos desafios.

“Cadel trás muita experiência das Grandes Voltas para a equipa”, disse Jim Ochowicz, co-propriatário da BMC Racing Team em comunicado.

Grandes Voltas? A equipa ainda tem de participar no Giro d’Italia, Tour de France ou na Vuelta a Espana, mas a formação não faz segredos das suas ambições para 2010.

“Tal como disse antes, a nossa equipa tem várias hipóteses para testarmos-nos contra as melhores equipas do Mundo. Nós estamos agradados por ter a oportunidade de enviar os nossos melhores ciclistas, agora incluindo Cadel Evans, para enfrentar esses desafios”, continuou Ochowicz.

Para isso, a equipa contratou vários ciclistas de topo para as próximas temporadas, incluindo o antigo campeão do mundo Alessandro Ballen, o Campeão Americano George Hincapie, Karsten Kroon e Marcus Burghardt.

Evans deixou bem claro que o Tour de France ainda é, e sempre será, um dos seus principais objectivos.

“Estou ansioso para trabalhar com a nova equipa, com um novo ambiente, com os mesmos objectivos pessoais: Honrar a camisola arco-íris ao mais alto nível do desporto, e, finalmente, no degrau mais alto do pódio do Tour de France. Obviamente que gostaria fazer melhor que os meus dois segundos lugares no Tour de France”, adiantou ele.

O ciclista de 32 anos passou as ultimas cinco temporadas com a equipa belga Silence-Lotto, progredindo rapidamente de ciclista de montanha para um ciclista com um lugar no pódio no final das três Grandes Voltas. No entanto, depois de duas vezes aquém no Tour, em parte devido à parte falta de ajuda da sua equipa, houve grande especulação de que ele iria tentar outra oportunidade.

“Eu gostava de agradecer à Silence-Lotto pelas oportunidades que me deram”, disse Evans. “Os últimos cinco anos trouxeram-me algumas grandes experiências enquanto trabalhava ao lado de alguns grandes ciclistas. Obrigado.”

O Director desportivo John Lelangue contrariou as dúvidas que a equipa teria dificuldade em entrar nas grandes voltas e outros grandes eventos, expressando a confiança que os seus novos ciclistas atrairia a atenção dos organizadores da corrida para ganhar a oferta do wild-card necessário.

“Temos um plano para ir para a maior competição, incluindo as grandes voltas. Isso inclui o Tour de França”, disse ele.

Leave a Reply