Quinta-feira, 25 de Agosto, 2016

Astana consegue manter ProTour e Contador


A comissão da UCI ProTour aprovou, hoje, o registo da equipa Astana para 2010, garantindo que irão manter tanto a licença ProTour como os serviços de Alberto Contador. Com a Astana mais 16 equipas foram aprovadas para a temporada de 2010. No entanto, a italiana Lampre teve a sua licença ProTour recusada para a próxima temporada.

Durante toda este final de época a existência do plantel do Cazaquistão esteve em sério perigo devido à alguns pagamentos em atraso durante esta temporada. Devido a este problema financeiro a UCI exigiu à Astana uma garantia do banco para cobrir o orçamento anual.

Pensa-se que a garantia seja equivalente ao orçamento anual da equipa, que são uns “modestos” quinze milhões de euros. Normalmente as equipas precisam de pagar uma porção em vez da quantia total. No entanto a publicação online Cyclingnews recebeu uma confirmação que exigencias fora do comum foram feitas à equipa devido aos problemas financeiros da equipa durante esta temporada.

Assim sendo, Contador irá quase provavelmente ficar na Astana para disputar a Volta a França 2010. Relembro que 20 dos ciclistas deste ano foram “roubados” da Astana para a Radioshack.

Sobre as equipas aceites para ProTour, foram:

AG2R La Mondiale (Fra)
Astana (Kaz)
Caisse d’Epargne (Spa)
Euskaltel-Euskadi (Spa)
Footon-Servetto (Spa)
Française des Jeux (Fra)
Garmin-Slipstream (USA)
Liquigas-Doimo (Ita)
Omega Pharma-Lotto (Bel)
Quick Step (Bel)
Rabobank (Ned)
Saxo Bank (Den)
Team Columbia-HTC (USA)
Team Katusha (Rus)
Team Milram (Ger)
Team RadioShack (USA)
Team Sky (GBr)

Leave a Reply