Terça-feira, 29 de Dezembro, 2015

Andy Schleck fortíssimo, vence isolado; Voeckler segura a liderança


Depois de finalmente atacar, Andy Schleck, ciclista luxemburguês da Leopard-Trek, conseguiu vencer hoje a décima oitava etapa ao cruzar a meta instalada no Galibier isolado. Depois de um ataque sem resposta durante a subida do Col d’Izoard, a penúltima subida desta infernal etapa, o mais novo dos Schleck conseguiu manter a vantagem sempre elevada, acabando por terminar a etapa com 2m07 para o seu irmão e colega, Frank Schleck. Evans terminou em terceiro, a 2m15 do vencedor. Thomas Voeckler mais uma vez impressionou: apesar de no final ter cedido alguns segundos, conseguiu terminar na quinta posição, a 2m21 – o suficiente para segurar a Camisola Amarela por 15 segundos de Andy Schleck, que é agora o segundo classificado à frente do seu irmão Frank, a 1m08. Contador foi o “perdedor” do dia, acabando por ceder 3m50 para Schleck, dizendo o Adeus definitivo à possibilidade de vencer o Tour de France.

Uma etapa extraordinária, onde finalmente começaram a haver movimentações por parte dos favoritos e onde a Leopard-Trek mostrou que a sua capacidade táctica não é para brincadeiras. A fuga do dia ocorreu logo ao quilómetro um, onde 16 homens – onde dois deles eram da Leopard-Trek – se isolaram na frente.

À entrada do  Col d’Izoard, a segunda e penúltima subida do dia, o grupo já só tinha 11 unidades. Foi ai que a Leopard assumiu o controlo da corrida, liderando tanto o pelotão como o grupo dos fugitivos. Pouco levou para ficarem apenas seis unidades no grupo da frente. Foi então que Andy Schleck atacou, sem qualquer resposta dos restantes ciclistas, seguindo numa jornada a solo até ao final da etapa.

Antes de iniciarem a descida, Schleck conseguiu juntar-se ao seu colega de equipa, Maxime Monfort, que seguia fugido, para ser ajudado na descida. A vantagem para o pelotão já era de cerca de dois minutos. Quando o pelotão iniciou a descida, a vantagem já seguia nos quatro minutos, com Thomas Voeckler na frente a puxar.

Iniciou-se a última subida, o Col du Lautaret, e a vantagem ia fixando-se à volta dos quatro minutos com Scheclk e Monfort entretanto alcançaram o grupo que seguia na frente.  No grupo do camisola amarelo não havia nenhuma equipa a assumir a liderança. Cadel Evans não achou “piada” ao ver a vantagem a subir puxando ele próprio o grupo dos favoritos. O ritmo imposto levou mesmo a Alberto Contador descolar do grupo nos quilómetros finais e não conseguir alcançar mais o grupo dos favoritos.

Faltavam oito quilómetros e Schleck seguia com Iglinsky na frente com uma vantagem de cerca de 3m30. Mas eventualmente Schleck acabou por deixar Iglinsky para trás, seguindo em solitário até à vitória. Mais atrás, Cadel Evans e os restantes que aguentaram na frente davam tudo por tudo para reduzir a vantagem. Thomas Voeckler deu tudo o que tinha e o que não tinha para conseguir manter a vantagem abaixo dos 2m36, de modo a conseguir manter a camisola amarela. Apesar de ceder alguns segundos nos últimos 100 metros, o francês conseguiu segurar a liderança por apenas 15 segundos, terminando a prova sem folgo, mas com um enorme sorriso na cara.

Classificações

18ª Etapa – Pinerolo – Galibier Serre Chevalier (200,5km)
1 Andy Schleck (Lux) Leopard Trek 6:07:56
2 Fränk Schleck (Lux) Leopard Trek 0:02:07
3 Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team 0:02:15
4 Ivan Basso (Ita) Liquigas-Cannondale 0:02:18
5 Thomas Voeckler (Fra) Team Europcar 0:02:21
6 Pierre Rolland (Fra) Team Europcar 0:02:27
7 Damiano Cunego (Ita) Lampre – ISD 0:02:33
8 Rein Taaramae (Est) Cofidis, Le Credit En Ligne 0:03:22
9 Thomas Danielson (USA) Team Garmin-Cervelo 0:03:25
10 Ryder Hesjedal (Can) Team Garmin-Cervelo 0:03:31
11 Maxim Iglinskiy (Kaz) Pro Team Astana 0:03:35
12 Christian Vande Velde (USA) Team Garmin-Cervelo 0:03:38
13 Haimar Zubeldia Agirre (Spa) Team RadioShack 0:03:44
14 Jelle Vanendert (Bel) Omega Pharma-Lotto 0:03:50
15 Alberto Contador Velasco (Spa) Saxo Bank Sungard

79 Sergio Miguel Moreira Paulinho (Por) Team RadioShack 0:31:17
89 Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team 0:35:40

Geral Individual
1 Thomas Voeckler (Fra) Team Europcar 79:34:06
2 Andy Schleck (Lux) Leopard Trek 0:00:15
3 Fränk Schleck (Lux) Leopard Trek 0:01:08
4 Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team 0:01:12
5 Damiano Cunego (Ita) Lampre – ISD 0:03:46
6 Ivan Basso (Ita) Liquigas-Cannondale
7 Alberto Contador Velasco (Spa) Saxo Bank Sungard 0:04:44
8 Samuel Sanchez Gonzalez (Spa) Euskaltel-Euskadi 0:05:20
9 Thomas Danielson (USA) Team Garmin-Cervelo 0:07:08
10 Jean-Christophe Peraud (Fra) AG2R La Mondiale 0:09:27

82 Sergio Miguel Moreira Paulinho (Por) Team RadioShack 2:00:06
96 Rui Alberto Faria Da Costa (Por) Movistar Team 2:16:46

Leave a Reply