Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015
Diário de Hélder Leal

8ª Etapa – Diário do Hélder


Uma etapa complicadissima. Não consigo sequer fazer o filme da etapa e não vi praticamente nada do que se passou durante esta 8ª etapa, a das mais duras de sempre desde a existência da Volta.  Foi uma etapa durissima. Ia com boas sensações depois de passar a primeira montanha apesar dos ataques desde o quilómetro zero, formando-se um grupo na frente. A aproximação à Covilhã foi feita em alta velocidade, e entramos no inicio da subida para as Penhas da Saude, com um aumento de ritmo por parte da Barbot e um mau posicionamento nesse local originou com que o pelotão se quebrasse levando à formação de vários grupos. Fui com um desses grupos até à chegada, com as últimas subidas a serem muito duras, por isso cheguei à torre com bastante tempo de atraso, mas felizmente dentro do controlo do tempo para a amanhã alinhar à partida.

Mas não tenho qualquer duvida que esta etapa foi muito dura, fizemos quase todas das subidas que existem à volta da Serra e das piores que há…

Leave a Reply