Sexta-feira, 4 de Dezembro, 2015
Diário de Hélder Leal

5ª Etapa – Diário do Hélder


Esta quinta etapa foi uma etapa bem mais tranquila que a do dia de ontem, com os habituais ataques no inicio da etapa e com a Barbot a assumir a liderança do pelotão logo desde o inicio, com o objectivo de ganhar a primeira meta volante com o Sérgio Ribeiro e assim conquistar a camisola amarela virtualmente. E foi o que aconteceu, o Sérgio Ribeiro venceu e ganhou 3 segundos. Mal esta meta volante foi ultrapassada, a fuga do dia deu-se com dois ciclistas, no entanto a Barbot manteve-se sempre a controlar, visto que havia mais um segundo para disputar em cada uma das duas metas volantes que faltavam. Eles lá conseguiram recuperar esses segundos e recuperar virtualmente a amarela.

Já no circuito final, várias equipas assumiram a perseguição para alcançar os fugitivos e colocar os sprinters bem posicionados. Acabou por vencer Andrea Guardini, uma vitória  já quase anunciada, visto que o italiano é um dos melhores do mundo neste tipo de chegadas.

Hoje para mim foi uma etapa calma, tirando um ou outro momento em que houve bruscas mudanças de ritmo, principalmente quando passavamos pelas metas volantes, o que causava algumas dificuldades à grande parte do pelotão. Tentei ajudar o Bruno Saraiva e o António Carvalho a estarem bem colocados para a chegada, por isso foi uma etapa mais tranquila, e serviu para recuperar um pouco.

Amanha é o tão desejado dia de descanso. Este é um dia muito desejado para recarregar as baterias para o resto dos dias que faltam. No entanto também há “volta”, porque temos que treinar, um treino bem tranquilo, de recuperação activa para depois ser massajado e descansar à tarde :)

 

Leave a Reply