Quarta-feira, 9 de Dezembro, 2015
Diário de Hélder Leal

4ª Etapa – Diário do Hélder


Hoje foi a quarta etapa da Volta a Portugal do Futuro, a etapa rainha desta prova. Foi uma etapa bastante tranquila mas no entanto bastante perigosa com chuva. Logo nos primeiros quilómetros deu-se uma fuga, com a equipa do camisola amarela a controlar o pelotão, tendo a fuga alcançado cerca de 3 minutos de vantagem. A sensivelmente metade da etapa houve uma queda com vários ciclistas. 20km para o final e outras equipas vão para a frente aumentar o ritmo para alcançar a fuga e fazerem uma entrada na subida bastante rápida, para que não houvesse ataques. Logo no inicio da subida a equipa do líder subiu o ritmo e houve um ataque que foi prontamente anulado por eles. Foi só nos últimos três quilómetros que vários ataques ocorreram e que permitiram ao homem do Maia a adiantar-se e com o pelotão a ficar todo partido. Acabou por ser o ciclista da Maia a obter a vitória, mas a amarela manteve-se em Joni Brandão, visto que ele apenas perdeu 20 segundos.

A etapa para mim não foi muito tranquila, logo de inicio tive um furo na roda de trás e depois ainda me envolvi na queda onde acabei por ficar um pouco mal tratado, mas isso  deu-me forças para tentar conseguir os objectivos, e visto que a geral ja era quase impossivel tentar fazer os 5 primeiros da geral ou mesmo os 3, mas logo no inicio da subida senti dores fortes devido à queda e ainda tentei ultrapassar isso para chegar aos objectivos que tinha. Consegui o quinto lugar na chegada, mas não foi suficiente para entrar no Top5 da geral. Por um lado também fiquei contente porque fiz uma optima subida devido às condições que estava. Parabéns ao vencedor da etapa e também ao Joni, que dificilmente perderá a liderança.

Amanhã é a etapa mais curta, com uma montanha nos primeiros quilómetros e constante sob e desce. Vai ser uma etapa complicada e onde poderá chegar uma fuga, visto que há muita gente a muito tempo do líder.

Leave a Reply