Sábado, 31 de Outubro, 2015
Diário de Hélder Leal

2ª Etapa – Diário do Hélder


Hoje a segunda etapa da Volta a Portugal do Futuro foi a etapa mais longa da Volta. Foi uma etapa sem dificuldades e com logo vários ataques no inicio. Consequentemente, logo nos primeiros quilómetros deu-se uma fuga, com a equipa do líder a controlar sem permitir a fuga a ter mais de três minutos de vantagem. A sensivelmente metade da tirada, mais três elementos do pelotão saltaram e conseguiram alcançar alguns dos ciclistas que iam a perder o contacto com o grupo da frente. Foi por volta do quilómetro 110 que esse grupo intermédio foi alcançado pelo pelotão, no entanto ainda seguiam na frente quatro ciclistas, enquanto no pelotão varias equipas iam assumindo a perseguição, acabando por alcançar os fugitivos a 1 quilómetros da meta. No sprint foram os dois homens da Mortagua que se impuseram, devido à dificuldade da chegada.

A minha prestação foi tranquila, mas não fiquei  muito contente porque tinha a obrigação de lançar o Marco na chegada e não fui capaz de o deixar nas melhores condições para discutir a etapa :(

Amanhã trata-se de uma etapa com um inicio logo de montanha, no entanto o resto da etapa é praticamente a rolar.

Leave a Reply